APIs

APIs da B3: O que são e por que utilizar nos investimentos

Nos últimos anos, vimos crescer o interesse por investimentos na bolsa de valores. Para operar na B3, a bolsa oficial do Brasil, muitos optam pelas plataformas de trading tradicionais. Porém, há ferramentas que proporcionam mais autonomia nas tomadas de decisão: são as APIs da B3. O uso de uma Interface de Programação de Aplicação (API) […]

Por Thamara Araujo

27 julho 2022 - 09:00 | Atualizado em 20 junho 2022 - 17:30


apis da b3
apis da b3

Nos últimos anos, vimos crescer o interesse por investimentos na bolsa de valores. Para operar na B3, a bolsa oficial do Brasil, muitos optam pelas plataformas de trading tradicionais. Porém, há ferramentas que proporcionam mais autonomia nas tomadas de decisão: são as APIs da B3.

O uso de uma Interface de Programação de Aplicação (API) permite melhorar os lucros obtidos com a compra e venda das ações. Isso porque trazem uma série de dados que possibilitam ter melhor entendimento sobre as movimentações de cada grupo. Ao integrá-las em seus projetos, os desenvolvedores agregam valor às soluções para o mercado financeiro, levando mais confiança nas tomadas de decisão dos usuários.

Quer entender melhor o que são as APIs da B3 e como elas fornecem os dados disponíveis aos usuários? Que dados são esses e como um desenvolvedor pode utilizar a solução? Vamos explicar cada um desses pontos neste artigo. Continue a leitura!

 

O que são APIs da B3

As APIs da B3 são interfaces que contêm dados de cotações do mercado financeiro. Entre as informações, o usuário pode ter acesso à base histórica de uma ação e a valores em tempo real para compra e venda, desenvolvendo um senso mais apurado para os investimentos.

Essas soluções permitem desenvolver ferramentas de forma ágil e simples, automatizando processos de integração em sistemas e programas. Elas se tornam uma opção aos modelos padrões de criação de produtos para o mercado.

Dessa maneira, o desenvolvedor pode utilizar as APIS da B3 como funcionalidades adicionais na construção de uma solução. Isso facilita seu trabalho, poupando horas nessas atividades.

As APIs são construídas no padrão REST (Representational State Transfer) e se apresentam como um grupo de URLs para acesso às consultas. Estão disponíveis tanto para sites como dispositivos móveis.

 

Quais são os dados da B3

As APIs da B3 disponibilizam uma série de dados dispostos para consultas, cadastros, simulações, entre outras ações do sistema.  São informações com vários tipos e finalidades diferentes, sendo divididas em mais de 10 classes. Nesse contexto, o usuário encontra ativos disponíveis de todo o mundo, não só da B3, mas Nasdaq e Dow Jones, por exemplo.

Algumas APIs são mais focadas em ofertas, disponibilizando consultas de dados históricos de compra e venda. Nesse caso, a tela exibe informações como as datas de referência e a corretora responsável por determinada oferta.

Já nas APIs mais focadas em negócios, o usuário consegue utilizar os dados para fazer uma análise sobre as previsões das próximas movimentações, conforme as datas de referências. Assim, ele tem maior compreensão de onde focar seus investimentos, montando planos de ação mais rentáveis para compra e venda.

 

Como ela fornece esses dados

As APIs da B3 disponibilizam os dados a partir do desenvolvimento no padrão REST. É essa característica que permite a geração de respostas para as requisições, pois muitas delas são capazes de enviar respostas simultâneas para vários clientes ao mesmo tempo.

Para os desenvolvedores poderem incluí-las em seus projetos, o fornecimento dos dados fica acessível por conta de parceiros oficiais de revenda. São empresas especializadas no desenvolvimento de APIs para diversos nichos de atuação, como o mercado financeiro.

O fornecedor desenvolve sua aplicação com base em informações padronizadas conforme as políticas e exigências da B3, mas pode também apresentar funcionalidades adicionais. É isso que gera o diferencial de mercado, proporcionando mais atratividade nas vendas dos seus produtos.

Enquanto isso, o cliente atua como redistribuidor dos dados, segundo classificação própria da Bolsa de Valores. As informações podem ser dispostas em tempo real ou com delay, de acordo com as APIS da B3 utilizadas.

 

Como usar essas informações

As APIs da B3 permitem uma utilização diversificada, podendo ser integradas em sites, plataformas, aplicativos mobile, entre outros canais. Elas possuem especificações dentro das políticas oficiais da Bolsa de Valores que diferenciam o uso entre pessoa física e jurídica. Essas normas especificam quem pode ter acesso a determinados dados, bem como a maneira como eles são disponibilizados.

Para atuar como redistribuidor, é necessário ser pessoa jurídica e ter uma autorização especial da Bolsa de Valores para exibir os dados. Além disso, pode ser necessário pagar algumas taxas para a instituição.

Algumas formas de utilização das aplicações são:

  • Compactação via GZIP: acesso pelo site http://www.gzip.org, com a compactação informada na documentação do sistema quando disponível;
  • Formatos de dados: os formatos devem ser informados na documentação. O padrão é Json, mas os dados também podem estar disponíveis em opções como XML e CSV;
  • VPN / Internet;
  • Segurança, com requisitos aplicados conforme a natureza da informação entregue dentro de um fluxo de negócio;
  • Throttling, recurso que limita a taxa de requisições que um cliente pode enviar aos endpoints — a configuração de valores é feita pela B3.

APIS da B3 no e-commerce do Market Data Cloud

Desenvolvido pela Cedro Technologies, o e-commerce do Market Data Cloud tem como missão ajudar os desenvolvedores a construir soluções para o mercado financeiro. Para isso, oferecemos APIs da B3 que democratizam dados financeiros mundiais.

São soluções com informações em tempo real e em delay, além de serviços disponíveis para compactação de dados. Nossas soluções principais são:

  • API Rest: solução Web Service com dados em formato XML ou JSON, para requisição e resposta;
  • API Socket: entrega cotações, book de ofertas (completo e resumido) e times & trades (negócios realizados) da B3;
  • WebSocket: Fornece sinal de Market Data em que o recurso de cotação é entregue em streaming e em XML/JSON. Disponível para os mercados B3 e Moedas.

O cliente/desenvolvedor deve se manter atento: as APIs da B3 exigem um controle frequente das respostas para garantir o envio e recebimento aos usuários. É uma ação necessária principalmente nas requisições interdependentes, quando uma resposta deve ser executada antes da outra.

Vale lembrar que a escolha das suas aplicações deve ser feita criteriosamente, de acordo com o objetivo do produto onde a aplicação será integrada. Acesse nosso site e agregue mais valor aos seus projetos com as APIS da B3