Dados da B3

Saiba como automatizar a análise de investimentos usando APIs

Nos últimos anos, o mercado financeiro deixou de ser um bicho de sete cabeças para muitos brasileiros. E o crescimento de cadastros na B3 comprova isso.  Em 2021, a bolsa de valores do Brasil teve um salto de 43% de novas pessoas físicas cadastradas e conforme a instituição, a B3 atingiu a marca recorde de […]

Por Thamara Araujo

29 junho 2022 - 09:00 | Atualizado em 20 junho 2022 - 16:55


automatizar análises de investimentos
automatizar análises de investimentos

Nos últimos anos, o mercado financeiro deixou de ser um bicho de sete cabeças para muitos brasileiros. E o crescimento de cadastros na B3 comprova isso. 

Em 2021, a bolsa de valores do Brasil teve um salto de 43% de novas pessoas físicas cadastradas e conforme a instituição, a B3 atingiu a marca recorde de 5 milhões de investidores em 2022.

Vários fatores podem ter influenciado essa alavancagem. Maior acesso à informação, necessidade de diversificar a renda, sonho de enriquecer e até mesmo  mudanças no comportamento da população tornaram o mercado de investimentos muito mais atrativo.  

No entanto, muitos ainda têm dificuldades para realizar investimentos. Seja pelo pouco conhecimento na área, escassez de tempo para estudar o mercado ou pouco raciocínio lógico para fazer análises.

Acompanhar a grande quantidade de informações relacionadas ao mercado, assim como todas as oscilações possíveis podem dificultar (e muito) o trabalho do investidor experiente. Inclusive da pessoa que está fazendo as primeiras aplicações.  

Em vista disso, muitas pessoas estão recorrendo a soluções modernas e tecnológicas para automatizar a análise de investimentos. Tecnologias que, por exemplo, criam protocolos e padrões de acordo com o perfil do investidor

Ao longo desse artigo você vai entender como os recursos tecnológicos e integrados com APIs podem facilitar a rotina dos traders no mercado financeiro.

Boa leitura!

 

Robôs para automatizar a análise de investimentos

Uma das grandes dificuldades dos traders está na falta de tempo para aprender mais sobre o mercado financeiro e operar na bolsa. Mas você sabia que, hoje, a tecnologia pode ajudar?

Soluções tecnológicas como os robôs, por exemplo, já fazem parte do cotidiano das pessoas. E suas funcionalidades se mostraram muito diferentes das idealizadas pelo cinema e livros de ficção.

Claro que, dentro do mundo real ou fictício, a finalidade dos robôs é a mesma: facilitar a vida humana. Usados por indústrias, pelo exército em aeronaves não tripuladas ou no aspirador de pó em casa, hoje eles também estão presentes na medicina, em algoritmos de redes sociais e até na bolsa de valores. 

Exatamente isso que você leu… Agora é possível investir no mercado financeiro através de programas que utilizam inteligência virtual e criam protocolos estipulados previamente. E, assim, realizar análises técnicas de gráficos para determinar a melhor estratégia.

Quem já está a algum tempo operando na bolsa, sabe que o esgotamento físico e mental pode, às vezes, prejudicar uma boa avaliação. Portanto, automatizar a análise de investimentos surge como alternativa para sanar essa dificuldade 

Um investidor humano precisa passar o dia observando oscilações do mercado, volumes, indicadores e padrões gráficos para fazer a projeção futura e executar sua estratégia. Entretanto, isso não precisa mais funcionar desse jeito. Todos os processos podem ser feitos de maneira automatizada por softwares, diminuindo assim o estresse e os riscos de avaliações equivocadas.

Você pode, por exemplo, configurar seu setup trader no modo automático e a ferramenta passa a cuidar do restante. 

 

Como automatizar esse processo

Os robôs traders não se parecem com as máquinas representadas em filmes. São, na verdade, programas que utilizam a inteligência artificial e algoritmos que seguem um padrão estabelecido para analisar dados e identificar o melhor momento para operar. 

O software funciona alinhado com as táticas definidas pelo trader, fazendo que o investidor, não perca tempo examinando gráficos antes de tomar uma decisão. Isso porque basta acionar o sistema. 

Automatizar a análise de investimentos significa usar o processo de algotrading, que inclui diversas áreas de estudo como computação, matemática, finanças e machine learning. E que transforma o trabalho pesado de análise em um processo lógico que facilita e agiliza o entendimento das tendências do mercado.

Esses algoritmos são assimilados, interpretados e executados por um único software que, ao receber os sinais do trader, disparam ordens de compra e venda para a Bolsa de Valores. 

Usando APIs (Application Programming Interface ou Interface de Programação de Aplicação), as ordens são enviadas instantaneamente para o mercado. Realizando, assim, operações sem atrasos.

Assim que acessa o sistema,  o trader pode definir regras que vão instruir o robô. Portanto o controle estratégico continua sendo do próprio investidor. 

Inclusive na escolha de qual tipo de robô se enquadra melhor no seu estilo, se trader ou advisor.

O Robô advisor, por exemplo, é indicado para perfis de poupadores e não especuladores. Ele ajuda na escolha da melhor forma de aplicações (renda fixa ou variável), e também vai realizar a alocação, o gerenciamento e o rebalanceamento da carteira. 

O Robô trader, por sua vez, é indicado para quem pretende investir na Bolsa de Valores, trabalhando com ações, opções e futuro no curto prazo.

 

APIs para automatizar a análise de investimentos

Para conseguir trabalhar no mercado financeiro e automatizar a análise de investimentos por meio de robôs, é preciso existir uma ponte para fazer essa conexão. E é aí que entra o uso de APIs para interligar os sistemas .

São os parâmetros e estratégias definidos pelo usuário por meio da integração com a API que vão automatizar o robô, tornando a gestão manual desnecessária. 

 

É possível confiar em um robô para automatizar a análise de investimentos?

Ainda que reduzir a interferência humana em análises possa assustar alguns investidores, é possível confiar em um robô trader. Já faz algum tempo que a inteligência artificial é usada para cirurgias neurológicas, então porque o uso no mercado financeiro seria problema? 

Você confiaria em um sistema para realizar um procedimento cirúrgico, pois eles são mais precisos que a mão humana, concorda?  

A tecnologia robótica tende a ser mais rápida, precisa e segura que os humanos. E mesmo que robôs traders estejam sujeitos às oscilações do mercado, seus diagnósticos ainda serão mais precisos que a mente do investidor, que está sujeita a altos níveis de estresse e preocupações. 

Se você quer saber mais sobre como a tecnologia pode ajudar seus investimentos, continue acompanhando nosso blog.