Dados da B3

Market Data B3: como acessar e quais dados estão disponíveis

Você sabe como acessar dados do Market Data da B3? Caso você seja um investidor iniciante, é importante conhecer as ajudas tecnológicas que estão a sua disposição para ajudar a fazer investimentos mais precisos e vantajosos.  Afinal, você já deve ter percebido que os preços na Bolsa de Valores apresentam variação constante, sendo inviável fazer […]

Por Thamara Araujo

20 julho 2022 - 09:00 | Atualizado em 20 junho 2022 - 17:25


market data b3
market data b3

Você sabe como acessar dados do Market Data da B3? Caso você seja um investidor iniciante, é importante conhecer as ajudas tecnológicas que estão a sua disposição para ajudar a fazer investimentos mais precisos e vantajosos. 

Afinal, você já deve ter percebido que os preços na Bolsa de Valores apresentam variação constante, sendo inviável fazer o acompanhamento manual. Além disso, investir é uma estratégia, é necessário analisar dados regularmente para diminuir os riscos de prejuízo financeiro e ampliar a probabilidade de lucro. 

Sendo assim, é fundamental conhecer os recursos disponibilizados pela Bolsa brasileira, entre os quais se encontra o Market Data B3. Mas o que é e como funciona essa ferramenta? Confira durante a leitura do artigo. Bom proveito!

 

O que é o Market Data da B3?

A B3 é a Bolsa de Valores do Brasil, cujo papel era antigamente designado à Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo). Porém, desde 2007 a Bovespa passou por um processo de fusão com a BM&F (Bolsa de Mercadorias e Futuros de São Paulo) e a Cetip (Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos), dando origem à B3. 

O principal objetivo da Bolsa de Valores é permitir a compra e venda de ativos, transações financeiras que acontecem por meio de corretoras regulamentadas que funcionam como intermediadoras do serviço para os investidores. 

E o Market Data B3? O que significa? Esse termo é uma referência a uma ferramenta disponibilizada pela própria B3 para facilitar o acompanhamento diário de informações financeiras registradas na Bolsa de Valores. 

O que fazer para conseguir ter acesso a esses dados?

Para conseguir acessar os dados disponíveis no Market Data B3 é necessário buscar por uma empresa redistribuidora que seja parceira oficial da Bolsa de Valores e que disponibilize o uso de APIs (Interface de Programação de Aplicações), como o Market Data Cloud da Cedro. 

Nesse sentido, é interessante explicar que uma API é um conjunto de normas e padrões que permite a comunicação entre dois ou mais softwares distintos. Ou seja, é a integração de serviços entre diferentes ferramentas digitais.

 

Quais são os tipos de dados disponibilizados pelo Market Data B3?

Veja alguns exemplos de tipos de dados que podem ser acessados diariamente por meio do Market Data B3.

 

Cotação  de mercado

A cotação de mercado é o preço que uma moeda estrangeira está valendo dentro de um determinado período. É válido ressaltar que esse valor não é estático, podendo sofrer alterações constantes.

Na realidade, existem diversos fatores que podem influenciar na variação de preços, que vão desde mudanças no cenário mundial até questões internas ao país. É por isso que às vezes em dia uma moeda está em alta e, em pouco tempo, apresenta uma queda considerável. 

 

Derivativos 

Os derivativos, como o próprio nome sugere, são uma categoria de ativos que não possuem um valor exclusivo. Nesse caso, a formação do preço depende da performance de outros ativos. Os tipos mais comuns de derivativos são:

  • Contratos a termo;
  • Contratos futuro;
  • Operações swap;
  • Mercado de opções. 

Mercado à vista 

O mercado à vista é um dos tipos de investimentos mais comuns na Bolsa de Valores. Nessa situação, a delimitação dos preços acontece por meio de pregões eletrônicos realizados dentro do sistema da B3.

Nesse modelo de transação financeira, o comprador paga pela ação o preço que está valendo no momento da obtenção. É interessante dizer que o investidor possui até dois dias úteis para quitar o pagamento, mas mesmo que nesse período o ativo sofra variações no valor isso não influenciará no acordo já fechado anteriormente. 

 

Índices

Outros dados que podem ser consultados por meio do Market Data B3 são os índices. Dentre esses, é válido destacar:

 

  • IBOV (Ibovespa);
  • IGC (Índice de Ações com Governança Corporativa Diferenciada);
  • ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial);
  • IVBX-2 (Índice Valor BM&FBOVESPA);
  • IBrA (Índice Brasil Amplo);
  • IMOB (Índice Imobiliário).

Renda fixa 

A Renda Fixa são tipos de investimento em que o comprador consegue prever a rentabilidade financeira antes de fazer a aplicação. Existem dois modelos principais: com taxas prefixadas ou com taxas pós-fixadas. São exemplos de Renda Fixa Corporativas:

  • Debêntures;
  • FIDCs (Fundos de Investimento em Direito Creditório);
  • CRAs (Certificados de Recebíveis do Agronegócio).

Notícias sobre a Bolsa de Valores

Além desses dados, ainda existem outras informações que podem ser consultadas pelo Market Data B3, pois a ferramenta também disponibiliza acesso a notícias recentes sobre o mercado de investimento e sobre as empresas listadas na Bolsa de Valores.

 

Por que é importante consultar os dados da B3 antes de investir?

Em primeiro lugar, todo investidor sabe que o ato de investir traz consigo inúmeros riscos. Sendo assim, sempre é importante procurar formas de diminuir a probabilidade de sofrer prejuízos financeiros por usar diferentes ferramentas, incluindo o Market Data B3. 

Além disso, também é válido ressaltar que investimentos não são feitos com base na simples intuição, ou seja, no famoso “achismo”. Pelo contrário, os melhores compradores e vendedores de ativos são aqueles que sabem analisar o mercado e aproveitar as oportunidades para atingir o lucro. 

Portanto, sem consultar dados concretos fica impossível investir adequadamente, já que o investidor não vai possuir números que possam servir como base para a tomada de decisões e, consequentemente, vai fazer escolhas ruins. 

Sendo assim, procurar uma empresa parceira da B3, que forneça ferramentas, como, por exemplo, o Market Data Cloud, que possibilita o acesso às informações da Bolsa de Valores, é essencial para garantir o sucesso das operações financeiras.

Em resumo, a B3 é a Bolsa de Valores do Brasil, por meio da qual é possível comprar e vender diferentes tipos de ativos. Para garantir que as transações financeiras proporcionem bons resultados, é importante verificar os dados da B3 disponíveis no Market Data. 

No entanto, o acesso à ferramenta depende do uso de APIs oferecidas por meio dos parceiros oficiais da Bolsa. Durante a consulta, entre outras informações, o investidor vai obter dados diários sobre: cotação de mercado, derivativos, índices, renda fixa corporativa e mercado à vista. 

 

Então, que tal começar a usar o Market Data Cloud?  Invista melhor por meio da análise de dados da B3!